O Tinder funciona como uma aplicação de encontros para telemóvel. Para se poder usar o Tinder teremos de ter um Smartphone com com sistema operativo Android ou um iPhone com IOS. A instalação da aplicação deve ser instalada a partir da loja de Aplicações do sistema operativo, que no caso do Android é o Google Play e no caso do iPhone é o App Store. Para se usar a aplicação tem de se possuir obrigatoriamente um conta de facebook e ligar a aplicação ao seu perfil de Facebook. Inclusivamente a introdução de fotos no Tinder só é possível através do Facebook. Na prática a única forma de colocares fotos de ti é seleccionando fotos do teu perfil de Facebook. Depois de feito a instalação, conecta-la ao Facebook o Tinder está pronto para usar e tentar a tua sorte nos encontros online. Não te esqueças que um perfil em qualquer rede de encontros não funciona se não tiveres fotos e se tiveres fotos estas devem ser criteriosamente bem seleccionadas.

O Tinder funciona bem ?

Como já tivemos oportunidade de dizer acima, o Tinder obriga a ligares ao teu perfil de Facebook e que vai servir para duas coisas : Fazer autenticação no Tinder através da tua App do Facebook e para seleccionar as tuas fotos de perfil. Segundo a empresa que desenvolve o Tinder a aplicação e não vão publicar nada do Tinder no teu mural, mas mesmo assim não é algo que nos deixe completamente descansados. Aliás este requisito tem levado a que muitas mulheres e homens tenham desistido da aplicação com o medo que os amigos e familiares da rede social do Mark Zuckerberg vejam que tu andas no engate no Tinder. Esta é uma questão muito pertinente e que leva a que muita gente não instale o Tinder com medo a que amigos ou familiares o vejam.
Após a instalação e configuração podes começar a passar perfis na aplicação e ir escolhendo os perfis que te agradam para teres um encontro e não. Na prática aparece uma pessoa do sexo que procuras onde indica o Nome, a Idade e a quantos kms se encontra de ti. Tocando na foto o Tinder abre o perfil da pessoa e podemos ver mais fotos da pessoa e inclusivamente ver mais algumas fotos do Instagram, ou ver as músicas preferidas através do Spotify. Estas duas aplicações não são obrigatórias estarem ligadas ao teu perfil do Tinder.
Depois de ver o perfil existem dois botões em que podes dizer : “Sim quero um Encontro” ou o ” Não quero nenhum encontro!. Além destes dois botões o Tinder também possui um sistema de swipe em que se deslizas a foto para esquerda quer dizer um Não e se deslizas a foto para a direita quer dizer sim. Na versão gratuita não dá para desfazer um eventual engano.

Quanto tenho de pagar pelo Tinder para usar e ter encontros ?

O Tinder tem um modelo de utilização Freemium. Ou seja, a aplicação permite que uses a ferramenta de forma gratuita e que possas ir consultando os perfis e depois tem uma versão paga em que tem montes de funcionalidades. Na prática a versão Free está muito pobre e não permite fazer algumas coisas básicas que deveria de fazer e que só estão disponíveis na versão paga. Na versão gratuita tudo esta muito limitado. O Tinder mostra-te poucos perfis por dia e alem disse estabelece um limite de visualizações por dia. Atingindo esse limite de perfis tens de esperar vinte e quatro horas para continuares a fazer swipe na aplicação de encontros. Isto é uma seca. Na prática a versão gratuita não dá para quase nada e tens de perder imenso tempo para conseguires mais perfis para encontros online. Os preços podem variar mas nunca serão menos que trezes euros por mês. Mesmo na versão paga a aplicação limita na mesma os perfis que te mostra diariamente. A razão para fazerem isso é a gestão de expectativas dos utilizadores e para ir mantendo as pessoas a pagarem a mensalidade do Tinder.

Se eu for casado ou comprometido o Tinder é indicado para mim ?

A resposta a esta pergunta é simples e muito directa. Se és mulher casada ou homem casado e procuras encontros online nunca … mas nunca uses o Tinder. E a razão para não usar já foi largamente descrita ao longo deste artigo. Com o Tinder ficas demasiado exposto e toda a gente da tua zona vai ficar a saber que tu andas no engate na Internet. E nem o pessoal das cidades grande se safam porque como a aplicação usa a tua geolocalização as pessoas que estão perto de ti vão saber que estás a usa-la e mesmo que não coloques fotos, não vai ser difícil de perceber que es tu. Para encontros infiéis e de uma vertente mais sexual deves usar uma rede Social como a INFIEIS que te garante maior confidencialidade e segurança.

Ana Fernandes

Ana Fernandes

Chamo-me Ana Fernandes e sou licenciada em Comunicação pela Universidade do Minho em Braga. Adoro animais, viajar , cinema e sou capaz de passar horas a ler a a escrever.